4 coisas que Ryan Gosling pode nos ensinar sobre barba falhada

PorRafael Nardini 23 de novembro de 2017

Há barbas e barbas. Sem esforço nenhum, há quem consiga ver o rosto ser tomado por pelos que não acabam mais, que formam uma barba espessa, daquelas que nos habituamos a chamar de lenhador. Na outra ponta, estão os que sofrem com “buracos” e “falhas” na barba. No segundo grupo, não existe nada tão conhecido quanto a barba falhada de Ryan Gosling, o ator indicado ao Oscar em 2017 por sua atuação no musical La La Land.

Acontece que o ator decidiu usar o que poderia ser um problema a seu favor: assumir as falhas na barba como um estilo. Um certo desleixo e cuidados específicos fizeram do ator um ícone da barba falhada. Alguns dos “truques” dele você conhece logo abaixo.

1. Barba por fazer (stubble beard)

É aquele aspecto de “barba por fazer”. O estilo normalmente ajuda a empregar um ar de “estou nem aí” que pode ajudar qualquer homem mais sisudo a tornar-se mais cool. E Gosling não está sozinho. Uma busca simples pelo Google e uma porção de atores são encontrados com a barba por fazer: George Clooney, Hugh Jackman, Idris Elba… A lista é longa.

2. O truque das camadas

Outro estilo de barba bastante usada por Ryan Gosling é a ideia de criar camadas com os pelos. Sim, o ator tem falhas na barba, mas boa parte vem também da ideia de usar diferentes lâminas no barbeador. É apostar na transição: nada de uma barba cheia nas bochechas e um pescoço limpinho, reforçando os contornos da barba. A ideia é justamente ir no sentido oposto.

A barba de Gosling passa da lâmina 3 para a 2. Só, então, em alguns trechos do rosto ele usa a lâmina 1 (o pescoço, por exemplo). Esse recurso é ótimo para homens com o rosto arredondado, já que ele ajuda a esticar ou afunilar a face.

3. O pescoço “sujo”

Para fazer funcionar e dispensar transições bruscas entre pelos e pele, o pescoço “sujo” é essencial. Comece a diminuir o tamanho da lâmina do barbeador sob a mandíbula e siga ao redor do pescoço. Apare totalmente somente as maçãs do rosto e as laterais do pescoço. O recurso é bem fácil e o resultado convence.

 

4. Os retoques finais na barba falhada

Verifique no espelho novamente se a linha de transição segue suave, sem criar linha da mandíbula marcada demais. Uma outra coisa que você pode tentar é criar desníveis com o barbeador, como se reforçassem a ideia de que, sim, você assume as falhas da sua barba. O truque da transição também vai deixar as falhas menos gritantes. Faça o teste.

Se o inglês estiver em dia, o vídeo a seguir é um tutorial de como parecer com o Ryan Gosling:

Leia também

Mais Recentes