7 erros que estão acabando com a sua barba

PorVinicius Tamamoto 23 de julho de 2018

A barba continua em alta entre os homens. Apesar disso, ainda há muita desinformação na hora de cuidar dos pelos faciais, o que gera um monte de problemas para os barbudos.

Curta ou longa, a barba merece atenção especial já que é uma espécie de cartão de visitas do rosto masculino. Você tem mania de ficar passando a mão na barba? Lava corretamente e usa os produtos adequados?

Abaixo, confira dicas de ouro para manter os pelos e a pele da face saudáveis e bonitos.

Os erros mais comuns dos homens com a barba  

1. Não lavar da maneira correta

Pelos mais longos estão mais propensos a aderir sujeiras do ar, como poluentes e respingos de espirro, e armazenar restos de comida. Se você tem a barba mais cheia, lavá-la muito bem é o primeiro mandamento dos barbudos. Atenção: só água não é o suficiente. Use um shampoo para higienizar os pelos e livrá-los das impurezas. Isso evitará também a oleosidade excessiva.

2. Passar a mão toda hora

É tentador e viciante puxar os pelos ou alisá-los a todo momento. A ação, no entanto, é prejudicial para a barba. As mãos têm glândulas que produzem sebo e pegar na barba ou no cabelo espalhará a oleosidade. Além disso, a sujeira acumulada do contato com objetos como notas de dinheiro também será transmitida para os pelos.

3. Não hidratar a pele do rosto

Se você acha que passar produtos na barba é frescura, está na hora de rever seus conceitos. Usar algumas gotas de óleo irá nutrir a barba e melhorar a saúde da pele, que pode ressecar debaixo dos pelos. Os pelos bem hidratados são fáceis de pentear, ficam mais brilhantes e evitam aquela coceira causada pela irritação da pele. 

4. Não aparar

Engana-se o cara que acha que para ter uma barbona é só deixá-la crescer. Assim como uma planta precisa ser podada para crescer forte e saudável, os pelos faciais também precisam ser aparados. Tirar um pouco do comprimento dos fios te dará um aspecto bem mais asseado e também fará com que a barba cresça mais rápido. 

5. Ir longe demais no pescoço

Na hora de fazer a manutenção da barba, um dos erros mais comuns é barbear demais o pescoço. A falha faz com que você fique com uma barba meio indefinida, nem lá nem cá. A dica é imaginar uma linha curva passando embaixo do queixo, na altura do pomo de adão, entre as duas orelhas. Com o caminho delimitado, é só tirar os pelos indesejados.

6. Barbear a seco

Na hora da pressa, muitos homens acabam se barbeando a seco. Jamais faça isso, pois traumatiza a pele e os pelos ficam mais suscetíveis a encravar. O mais indicado é se barbear após o banho ou molhar os pelos com água quente para abrir os poros. Também é importante usar uma espuma, gel ou creme para lubrificar a pele.

7. Usar lâminas velhas

As lâminas descartáveis têm vida útil curta. Não tente brigar com isso: uma navalha velha pode cortar a pele e fazê-la sangrar. Os pelos também ficam mais irritados e há mais chances de encravar. Apesar de todo homem saber disso (quem nunca se cortou com um barbeador velho?), nem sempre se tem uma lâmina de barbear nova na gaveta. Tem jeito não, amigo – deixe o barbear para depois e lembre-se de manter o estoque em dia!

Agora que já viu os erros mais comuns que acabam com a barba, que tal aprender a se barbear como gente grande?

Leia também

Mais Recentes