Cabelos raspados em degradê: Dicas e estilos diferentes para você tentar

PorPedro Katchborian 23 de Janeiro de 2018

Pode verificar na barbearia ou no salão masculino: os cortes “fade” (“desaparecer”, em tradução para português) estão em alta. E não é por acaso. Eles são capazes de te transformar na personificação da elegância e da personalidade. É o tradicional corte de cabelo raspado em degredê.

No ano passado, a revista Esquire listou os cortes fade do cantor Zayn e do ator Ryan Reynolds como os dois dos melhores penteados de 2016 (e se há caras de estilo digno de se prestar atenção são o de ambos). O que eles tinham em comum? As resposta vai no nosso próximo título:

O cabelo raspado em degradê

Antes de tudo, é importante entender que há diferentes tipos de fade. Um deles é o “low fade”. O básico dele é dar às laterais e à parte de trás da sua cabeleira um efeito degradê.

O site O Barbeiro nos conta que o efeito de “desaparecer” do corte nas laterais e atrás começa mais ou menos à altura da metade da cabeça. Certifique-se disso durante o corte! A partir desse ponto, o comprimento dos fios afunila cada vez mais e mais, deixando-os bem rentes à pele ou completamente raspados na nuca.

Certo. Agora precisamos falar sobre o topo.

É aí que a coisa começa a ficar ainda mais interessante: há várias possibilidades de como caprichar nessa área. O low fade serve para qualquer tipo de cabelo. Crespo, encaracolado, liso, com fios finos ou grossos. Vá na fé. Sua barba também pode fazer diferença no todo – se você cultiva uma, liga-la aos cabelos pelas costeletas ou não pode ser o seu diferencial entre tantos outros.

Além disso tudo, o universo do low fade é bastante amplo. Vejamos alguns exemplos do Men’s Hairstyle Trends.

Os tipos de cabelos raspados em degradê

No low drop fade, como nos mostra o site, o efeito de desvanecimento acaba atrás da orelha e copia o desenho dela para baixo, como em uma queda. O resultado é um corte limpo nas bordas.

Já o low bald fade é ideal para quem tem cabelo encaracolado ou crespo, pois você pode deixa-lo em um bom comprimento no topo. É simplesmente perfeito para negros, pois dá ao penteado um poder que só o cabelo crespo proporciona.

O low fade mohawk já diz tudo no nome: sim, há um moicano no topo. É para dar aquele toque punk na cabeleira. Com o comprimento dos fios já bem curtinho no entorno de toda a cabeça, é importante deixa-lo raspado atrás da orelha.

Veja outras dezenas de exemplos nesta lista do Men’s Hairstyle Trends. Temos certeza de que você vai mandar muito bem com um (ou mais!) corte desses.

Leia também

Mais Recentes