Careca aos 30: dicas para quem está começando a perder os cabelos

PorPedro Katchborian 29 de Maio de 2018

Você notou que o ralo está cheio dos seus cabelos. Ou quem sabe as entradas, nas laterais, avançam cada vez mais ao topo da cabeça. Talvez até os fios já estejam mais ralos em cima e você comece a perceber que já é possível ver o couro cabeludo. Muitos homens se identificam com algum desses cenários, indicativos de uma calvície. Quando ela chega de maneira inesperada, então, aos 30 anos, pode assustar mais ainda. Mas se você já percebeu que vai fazer parte do time dos careca aos 30, não se desespere.

Uma consulta ao tricologista ou dermatologista pode te explicar sobre o que está acontecendo. Nem sempre uma queda de cabelo significa que você está ficando careca. Aliás, na calvície os fios até crescem, mas estão bem mais finos do que o usual. “A impressão é de quem é careca é de a pessoa não tem cabelo, mas o que acontece é um afinamento. Essa é uma das diferenças entre a calvície e a queda de cabelo aguda. “A calvície em si não tem a ver com o estilo da vida. Algumas quedas de cabelo aguda tem a ver com estresse ou deficiências de vitamina, mas a calvície é um longo processo”, diz Dr. Rodrigo Pirmez, dermatologista da clínica Dr. Andre Braz Agora, veja algumas dicas:

Careca aos 30: como lidar com os primeiros sinais

1. Quanto antes você tratar, melhor

Quando notada precocemente, mais as chances de reverter — ou pelo menos adiar bons e longos anos — a calvície. O sinal mais explicito da calvície é o recuo da linha capilar. É mais difícil notar no dia a dia e podemos ter a impressão de um recuo. Por isso, o mais indicado é achar algumas fotos mais antigas e fazer uma comparação. Caso perceba um recuo significativo, já vale consultar um médico, caso queira. Como falamos ali em cima, notar o cabelo mais fino também ajudar a perceber se está ficando careca. Agora, a dica número um aqui é: consulte um médico especialista caso esteja notando. Atualmente, há remédios que dão um bom resultado na maioria das vezes. Muito antes de um implante, você pode, sim, salvar os seus cabelos.

2. A calvície não é o fim do mundo

Para os mais vaidosos, a calvície pode significar uma impacto grande na autoestima. Normal, já que homens carecas não costumam fazer parte de um padrão. Mas, como mostramos neste outro artigo, é possível ser careca e manter o estilo. E isso não significa que você precisa raspar o cabelo nos primeiros sinais da calvície: uma dica é deixar o corte mais curto. Caso prefiro raspar totalmente, lembramos de dois ícones que ficam muito bem sem os cabelos — Bruce Willis e Michael Jordan.

3. É difícil escapar de ficar careca

Não estamos dizendo que não é possível, mas é difícil. Pesquisas mostram que 80% dos homens de 80 anos são calvos. Ou seja, é um processo natural e que atinge uma grande parcela da população. É claro que, para os mais jovens, não é tão comum, mas ainda assim acontece. Mesmo que seja de maneira sutil, quase todos os homens começam a ficar calvos logo aos 20 anos, quando a linha capilar começa a recuar.

 

Leia também

Mais Recentes