Caspa: o que é, por que ocorre e como tratar

PorPedro Katchborian 21 de Março de 2018

O problema da caspa afeta quase metade da população mundial. Apesar de muitos acharem que o problema é falta de higiene, ela tem várias causas. Entenda o que é, por que ela ocorre e como tratar.

O que é a caspa?

Caspa é um acúmulo de pele morta do couro cabeludo. Todo mês, o couro cabeludo saudável desprende células cutâneas velhas — o que é normal e quase imperceptível. Mas quando há uma dermatite, a pessoa perde essas escamas da pele em forma de flocos brancos. Essa é a chamada caspa seca. Há também outro tipo: a úmida, que costuma ser amarelada e mais espessa. Esta última fica mais grudada na pele.

A Mundo Estranho fez uma matéria interessante explicando como se forma a caspa. “A glândula sebácea é responsável pela produção do sebo que lubrifica a superfície do couro cabeludo. Por questões genéticas, a pessoa que tem predisposição à caspa produz mais gordura que o normal”, explica Luciano Barsanti, médico e tricologista e diretor do Instituto do Cabelo.

O que causa a caspa?

A caspa pode ser causada por vários fatores e é debate até hoje na comunidade científica. Algumas causas comprovadas são: excesso de oleosidade, falta de limpeza e estresse. O uso do shampoo é essencial para evitar a caspa — mas lembre que utilizá-lo demais também não vai fazer bem para a saúde de seus cabelos.

A caspa também está relacionada com a presença de um fungo chamado malassezia. Esse fungo cresce em áreas com mais oleosidade, como é o caso do couro cabeludo. Outro fator que parece contribuir para o surgimento da caspa é uma alimentação muito gordurosa, o que pode aumentar a oleosidade do couro cabeludo. Clima seco e alterações hormonais (gravidez, puberdade e menopausa) são outros possíveis motivos da caspa.

Como é o tratamento para a caspa?

O tratamento começa com o shampoo anti-caspa, que contém ativos como pirionato de zinco, que é anti-inflamatório e antifungico. Casos mais graves podem pedir o uso de antiinflamatório via oral e até tratamento via laser.

Como impedir a caspa?

O maior vilão da caspa é a oleosidade do couro cabeludo. Por isso, para evitar a caspa você deve tentar diminuir os óleos produzidos. Comece tomando um banho menos quente — a água fria é o ideal, mas morna também serve. Se você já percebeu que tem uma predisposição a caspa, uma ou outra mudança na dieta pode ajudar a diminuir a oleosidade do couro cabeludo e da pele. Evita alimentos muito gordurosos.

Shampoos anti-caspa são grandes aliados na hora de se livrar da caspa, mas lembre-se que você deve tentar evitá-la antes mesmo de aparecer. Por isso, busque o shampoo correto para o seu cabelo. Nós já ensinamos aqui a como escolher o produto ideal para você.

A caspa pode afetar a barba?

Sim, é possível ter caspa na barba. Os motivos são um pouco diferentes da caspa no couro cabeludo, mas a atenção deve ser a mesma. A pele muito seca pode descamar com mais facilidade, o que pode causar a caspa, assim como a pele muito oleosa. O mesmo é possível dizer sobre os pelos: caso não sejam hidratados, podem ajudar a causar a caspa na barba.

A prevenção da caspa na barba começa pelos produtos: nada de usar shampoo de cabelo para os fios do rosto. O couro cabeludo é muito mais oleoso do que a sua face. Passar shampoo, que é feito para dosar a oleosidade da cabeça, irá ressecar ainda mais a sua pele. O mais indicado é procurar um demartologista para entender o problema. Ele poderá receitar óleos que podem hidratar a pele e os pelos, de modo que a caspa suma ou nem surja.

Leia também

Mais Recentes