Os piores cortes de cabelo masculinos que já foram moda

PorPedro Katchborian 11 de outubro de 2017

Tendências são passageiras, mas marcantes. O que parece bizarro pode ter sido moda nos anos 90 e o que parece lindo hoje será ridicularizado em um futuro. É um círculo virtuoso que não podemos impedir. Os piores cortes de cabelo que você pode imaginar já fizeram um sucesso estrondoso.

Se o estilo de hoje será motivo de chacota no futuro, eis que nossa missão é dar risada do que foi tendência no passado. E muita coisa estranha aconteceu nos anos 70, 80 e 90. Veja os piores cortes de cabelo masculinos que já foram moda:

Mullets

Ah, os mullets, esses tufos de cabelo que descansavam sobre os ombros dos mais estilosos homens nos anos 80. Hoje pode parecer estranho, mas muita gente usou na época: por aqui, Chitãozinho e Xororó ajudaram a popularizar o estilo, que ficou popular no mundo todo. Há quem diga que os mullets ameaçam a voltar como visual tendência. Você usaria?

Tigela

Sim, o cabelo tigela foi moda. Nick Carter era o principal exemplo deste quase infantil corte, que não durou muito. O corte ensaia uma volta, no que os mais estilosos estão chamando de “o cabelo tigela moderno”. Não é para qualquer um.

Rat tail

Até o nome desse estilo de corte é feio. Rat tail — ou rabo de rato — fez sucesso nos anos 90, mas não demorou muito para virar piada. O corte consiste em deixar um fino tufo de cabelo que fica abaixo do ombro. O ator Shia Lebeouf apareceu com o estilo e causou espanto na mídia americana, que implorou para que as pessoas não voltassem a usar o visual. Concordamos.

Coque samurai

Sim, não é porque a moda foi recente que não tenha causado uma impressão ruim. O maior problema do coque samurai é que ele acabou tendo algumas variáveis bem duvidosas. Uma delas é o mini coque samurai — em que poucos fios ficam presos e precisamos quase de uma lupa para ver o corte. O BuzzFeed fez uma lista que prova que, sim, eles foram longe demais.

Leia também

Mais Recentes