Por que você deveria ter um legítimo kit de higiene pessoal

PorPedro Katchborian 28 de setembro de 2017

Carregar um kit de higiene pessoal na mala é mais que uma boa ideia, é uma necessidade, seja qual for o seu estilo de vida. Se tiver viagem marcada ou acabar parando pouco em casa durante a semana, não perca tempo. Mas, basicamente, qualquer homem deveria recorrer ao “kit de primeiros socorros da higiene”. Afinal, você não quer passar por nenhum perrengue, certo?

Como e quais os itens pode – e vai – variar de homem para homem. Por exemplo, se você for uma pessoa que transpira bastante durante o dia, a necessidade de um desodorante é maior que daqueles que sofrem menos com isso. Mas há também itens indispensáveis como uma boa dupla escova e pasta de dente.

Vamos ao kit?

Produtos de higiene pessoal

Antes de tudo, você vai precisar de um estojo. Não tem um em casa? Por aí você encontra aos montes opções e modelos — alguns maiores, outros menores, mas a maioria cumpre o papel de guardar os principais itens de higiene pessoal. Mas certifique-se de optar por um modelo que seja compacto, capaz de caber na sua mochila ou pasta que leva diariamente ao trabalho. Para aqueles que usam muito o carro, aí vai outra dica: acostumem-se a deixar uma versão do kit no automóvel

kit de higiene pessoal

Foto: Istock/Getty Images

O que não pode faltar:

Pasta de dente
Escova de dente
Fio dental
Sabonete (líquido ou tradicional)
Desodorante

Isso é o básico, mas há itens opcionais e que podem ir bem, dependendo da necessidade.

São eles: hidratante, perfume, cortador de unha, cotonete, algodão, lenços umedecidos, lâmina de barbear, máquina de barbear e filtro solar.

O importante é ser prático e otimizar o espaço do estojo: procure levar desodorantes e pastas de dente menores e pequenos frascos para shampoo e condicionador, já disponíveis em supermercados ou então frascos ainda mais econômicos – aqueles de hotéis – que você por ir recarregando.

Lavar o estojo com alguma frequência também é importante. Afinal, você vai estar carregando itens de higiene e eles precisam estar em um ambiente limpo.

Doenças por falta de higiene pessoal

A falta de higiene pode contribuir para a proliferação de bactérias e causar várias doenças. Algumas são mais graves, enquanto outras são mais pontuais. Mas se você pensa que higiene pessoal é só uma forma de manter-se limpo, esqueça: é uma eficiente forma de manter-se longe de uma série de doenças.

Impetigo, foliculite, dermatoses, larva geográfica e micose são algumas das doenças que estão envolvidas com a falta de higiene — a maioria com relação direta com a pele.

Outras tem a ver com a higiene bucal, como gengivite, periodontite e endocardite bacteriana, segundo a Tepe, empresa do ramo.

E sabe o melhor de tudo? Um simples estojo abastecido com itens de higiene pessoal pode ser o suficiente para mantê-lo protegido.

Leia também

Mais Recentes