Como prevenir espinhas e cravos

PorPedro Katchborian 20 de Janeiro de 2018

Cravos e espinhas são problemas que costumam aparecer mais na adolescência, mas qualquer pessoa está sujeita a enfrentá-los. Segundo o National Institute of Arthritis and Musculoskeletal and Skin Diseases, cerca de 80% entre 11 e 30 anos terá espinhas em algum momento. Mas você pode prevenir espinhas e cravos.

Visitas ao dermatologista são importantes para compreender seu tipo de pele (oleosa, ressecada e etc) e o que fazer em casos mais graves. Mas, na maioria das vezes, um bom cuidado da pele em casa pode prevenir a acne e os cravos. Veja como:

Lavar a pele

Parece óbvio, mas muita gente não presta atenção para lavar a pele do rosto com o sabão adequado — neutro. Também não adianta esfregar o rosto com força — isso só vai causar irritação.

Preste atenção no seu cabelo

Isso mesmo! Óleos e pomadas do cabelo podem acabar se espalhando para a sua pele do rosto, o que pode bloquear os poros da sua pele e causar irritação.

Não toque na sua pele

Por mais tentador que seja espremer uma espinha, evite. Tocar a pele vai torná-la mais oleosa ainda e a bactéria poderá ser mais resistente. A consequência pode ser uma espinha mais difícil de sair e uma consequente cicatriz.

Atenção ao fazer a barba

Já falamos por aqui que fazer a barba deve ser um ritual — que não deve ser apressado. Além disso, a lâmina de barbear deve estar afiada — nada de usar pela 20ª vez aquela descartável que você ainda não jogou fora. Ter os produtos adequados (como creme, espuma ou gel de barbear) também ajuda a manter a irritação longe do seu rosto, evitando acne e cravos.

Hidrate a pele

Produtos para a acne podem ressecar a pele. Para manter a pele hidratada, procure algum produtos específicos para que sua pele não fique muito seca.

Leia também

Mais Recentes