Como criar uma rotina efetiva de cuidados com a pele

PorPedro Katchborian 21 de Janeiro de 2018

Cuidar da barba é cuidar do rosto. Querendo ou não investir no estilo barbudo, é necessário cuidar diariamente da pele. Manter a pele saudável pode ajudar a crescer uma barba estilosa, sem falhas e qualquer tipo de inflamação.

O mais indicado é consultar o dermatologista para saber ao certo quais são os tratamentos e cuidados necessários. O profissional poderá reconhecer o seu tipo de pele (oleosa, normal ou ressecada) e te passar especificamente o que você deve fazer. Para auxiliar nesse cuidado diário, conversamos com a dermatologista Dra. Catarine Padoveze, que passou dicas para quem quer manter a saúde em dia.

Cuidados com a pele

Catarine enumerou quatro cuidados do dia a dia com a pele: limpeza diária com sabonete adequado para o tipo de pele específico, tônico adstringente para remoção de impurezas, esfoliação semanal para auxiliar na remoção de cravos e ajudar na prevenção dos pelos encravados da barba e o uso de protetor solar.

O homem precisa de atenção redobrada com a pele, já que está mais sujeitos à oleosidade do rosto devido aos hormônios. “A agressão causada pela exposição à poluição e ao sol causa o envelhecimento precoce, e ainda pelo fato de fazerem a barba com frequência, estão sujeitos a uma pele mais sensível e com marcas”, explica Catarine.

Além disso, a faxina no rosto é necessária para se livrar de cravos, espinhas e milions — bolinhas de sebo sob a epele. “A frequência da limpeza depende dos tipos de pele. Quem tem espinhas, precisa do tratamento uma vez por mês. Se sua pele é muito oleosa, a visita pode ser trimestral, desde que os cuidados domésticos façam parte do dia a dia. Peles normais pedem limpezas com o mesmo intervalo ou até mesmo um espaço maior”, diz. Segundo a médica, o ideal é fazer uma avaliação com o dermatologista e manter um kit com produtos que ajudam a manter a pele higienizada: sabonete específico, bom tônico, creme ou gel de hidratação e protetor solar.

Cuidados com a barba

Catarine alerta que a área da barba pode ser afetada por problemas de pele. “Pseudofoliculite da barba é uma inflamação dos folículos pilosos na área da barba que afeta muitos homens. Os pelos raspados ao crescerem se curvam e voltam para o interior da pele. Este processo leva à inflamação e, à vezes, cicatrizes na face e no pescoço”, diz.

Alguns cuidados que podem ajudar a evitar a inflamação é a utilização do barbeador elétrico. “Ao se barbear, procure utilizar água morna, massagear os pelos para que eles fiquem mais amolecidos. Ao passar o barbeador faça-o no sentimento do crescimento dos peles e, após terminar o processo, passe um hidratante.

Leia também

Mais Recentes