Aqui vai um guia efetivo para cuidar da pele ressecada

PorPedro Katchborian 12 de outubro de 2017

A pele ressecada é um problema que afeta boa parte da população mundial e é caracterizada pela falta de água na camada mais superficial da pele. O problema costuma piorar em climas mais amenos, sendo uma condição mais comum ainda no inverno.

É uma condição comum, mas lembre-se de consultar um dermatologista, que poderá te indicar a melhor maneira de lidar com o problema. Fizemos um breve guia de como cuidar da pele ressecada.

Quais são as possíveis causas da pele ressecada?

Clima

Como já dito, uma das principais causas da pele mais ressecada é o clima. A queda na temperatura e no nível de umidade piora o problema.

Banho quente

Toma banho quente? Melhor aproveitar o clima mais quente para usar a água mais fria. Banhos longos e com água quente ajudam a ressecar a pele.

Exposição ao sol e ao calor

Lugares em que a temperatura é muito alta, em que há fogões ou aquecedores, também ressecam a pele. Assim como uma longa exposição ao sol, em que raios ultravioletas penetram na pele.

Esportes aquáticos

Ficar muito tempo em uma piscina com cloro vai ressecar a sua pele. Quem tem o hábito de nadar ou praticar outro esporte aquático precisa ter atenção redobrada com a pele.

Quais são os sintomas da pele ressecada?

Além de rachaduras, essa condição também pode dar coceira e deixar a pele vermelha. Ela pode piorar logo após banhos quentes ou logo depois de sair da piscina, no caso de quem nada.

É possível prevenir a pele ressacada?

Boa parte das vezes a pele ressecada pode ser prevenida ao evitar algumas das principais causas: tomar banhos mais frios, evitar ficar muito tempo exposto ao sol e diminuir o tempo na piscina podem resolver. Utilizar sabonetes específicos para esse tipo de pele também podem ajudar.

Quais são os tratamentos para a pele ressecada?

O tratamento da pele ressecada deve ser feito diariamente. Além de hidratantes que podem ser passados no rosto e no corpo, utilizar o sabonete indicado também pode ajudar a diminuir a condição. Dermatologistas também podem indicar uma esfoliação da pele, que pode ser feita periodicamente (15 em 15 dias) para remover células mortas.

Entre os cremes indicados estão o de aloé verá, que tem propriedades antioxidantes, e o óleo de jojoba, que estimula a regeneração celular e mantém a umidade da pele. Nos casos em que a pele seca é consequência de uma doença como a psoríase, o dermatologista pode indicar cremes hidratantes mais específicos.

Como a pele ressecada pode afetar a barba?

Homens que tem a pele ressecada precisam ter mais atenção na hora de se barbear. Um rosto mais sensível indica a necessidade de produtos que hidratem mais a região, a fim de impedir que o barbear machuque ainda mais a pele. Uma boa dica é usar cremes hidratantes no rosto após o ato, sem esquecer de lavar o rosto com água fria antes de se barbear.

Leia também

Mais Recentes