Minoxidil funciona mesmo para tratar calvície e queda de cabelos?

PorRafael Nardini 29 de setembro de 2017

O minoxidil surgiu como uma nova alternativa para tratar da calvície, da queda de cabelos e até das barbas falhadas. Antes mesmo de começarmos a falar mais sobre seus possíveis benefícios, vale ressaltar a necessidade de consultar um médico.

Ainda que as rejeições ao tratamento não sejam numerosas até o momento — cerca de 2% de quem fez foi impactado negativamente –, nunca se deve iniciar um tratamento sem o auxílio de um profissional.

Sobre como usar, os cuidados e os benefícios, falamos nas próximas linhas.

Como usar minoxidil

A aplicação do produto deve ser feita duas vezes ao dia sobre as áreas afetadas, com o couro cabeludo seco. Aplique o produto (numa quantidade de 1 ml) sobre o couro cabeludo, partindo do centro da zona a ser tratada.

Os aplicadores são muitos e de variados tipos — de spray ao conta-gotas- -, mas o primordial é não molhar a área em que o produto foi aplicado por ao menos 4 horas. Isso vai garantir uma melhor eficácia do medicamento.

Nunca aplique o minoxidil sobre áreas irritadas ou sensíveis do couro cabeludo. Se foi para a praia e não usou o protetor solar adequado, passe longe do medicamento. As reações alérgicas, como coceiras e ardências, podem ser bastante ruins.

Se não notar um efeito imediato, não se desespere. É normal levar um tempo até que o medicamento passe a fazer efeito. Pode ser dois meses ou até o dobro do tempo. O efeito acaba sendo mais notado com o uso prolongado do produto, mas nunca tente tomar atalhos como dobrar a dosagem diária. As concentrações produzidas do medicamento são de 2% e 5%.

Quem deve usar minoxidil

Pacientes com menos de 40 anos ou que tenham um histórico mais recente de calvície — há menos de 5 anos — têm maiores chances de alcançar um resultado positivo.

A menos que você tenha alguma resistência específica ao medicamento, o minoxidil pode ser uma boa opção para fazer parte da linha de frente na luta contra a queda de cabelos. O medicamento não é garantia de sucesso total, mas acaba sendo um ótimo aliado, ainda mais se você atacar o problema em outras frentes em paralelo.

Minoxidil para crescer barba

Mais recentemente, o uso do minoxidil passou a ter uma nova prioridade: a barba. Para aqueles que têm poucos pelos ou falhas muito aparentes, o tratamento também tem se mostrado eficaz.

Aplique o produto por uma ou duas vezes ao dia na região do rosto desejada. Antes de dormir e logo ao acordar podem ser boas opções para evitar a exposição direta ao sol.

Lembre-se que a dose máxima diária não pode passar dos 2ml — 1ml por vez –, evitando a superdosagem e o desconforto dos efeitos colaterais.

Contraindicações do minoxidil

Inicialmente, não se sabia da capacidade do minoxidil de ajudar no tratamento da queda de cabelos. O remédio nasceu com um comprimido para tratar a hipertensão. Ou seja: se você tem problemas de pressão arterial, passe longe da versão comprimido do medicamento.

Opte pela versão tópica (aplicação direta sobre a pele, em loção, creme ou gel), que não permite a absorção completa pelo organismo, evitando desta forma qualquer tipo de contraindicação mais grave.

Onde comprar minoxidil

Desde que o minoxidil passou a ser reconhecido, o produto passou a ser mais popular. Com isso, os custos do produto baixaram. É possível encontrar variedades do produto nas mais diversas faixas de preço, mas raramente passando dos R$ 200 (valor que você garante uma boa quantidade), podendo chegar até mesmo a R$ 20. Lojas online e importadoras das mais diversas já possuem o medicamento para pronta entrega, facilitando o início do tratamento.

Mas lembre-se: antes de tudo, consulte seu médico.

Leia também

Mais Recentes