Como reformar sua casa sem gastar muito e sem muito transtorno

PorLucas Borges 29 de novembro de 2018

Não tem como negar: reformar a casa dá muito trabalho, pode provocar bastante dor de cabeça e geralmente tem um custo alto. Ainda assim, existem alguns passos que, quando seguidos, facilitam a vida de quem tem urgência em fazer alterações no seu imóvel ou simplesmente está cansado do ambiente e quer mudanças.

Reforme sua casa de forma mais fácil

Contrate um arquiteto

Vale muito a pena contratar um profissional especializado. Essa ainda não é uma prática tão disseminada no Brasil, mas entregar todo o planejamento da obra nas mãos de um arquiteto poupa sua saúde de todos os estresses (e acredite são muitos) criados pela obra, desde a lata de tinta que precisa ser comparada de última hora, no meio da tarde, a formação de uma equipe de empreiteiro qualificados, até um furo equivocado feito na parede do vizinho.

E contratar um arquiteto também é sinônimo de economia.  Ninguém vai saber encontrar os produtos com melhor preço, nem vai ter maior poder de barganha do que eles. Caso seu orçamento não permita contratar o pacote completo, vale a pena ao menos pagar por um projeto de reforma. Além disso, em muitos casos o escritório de arquitetura também oferece serviços de design de interiores para dicas de decoração.

Faça a reforma por ambientes

Muito provavelmente você fará as mudanças na sua casa enquanto continua morando nela. Portanto, convém começar as intervenções por etapas, cômodo por cômodo, começando por aqueles que são menos usados. Para evitar que a poeira e a sujeira passem para o restante do imóvel, coloque panos úmidos nas frestas das portas e no chão, para limpar os pés.  

Proteja seus pertences

Uma opção é pagar por um desses depósitos de aluguel de espaços e guarda-móveis que têm proliferado pelas grandes cidades. Mas se a ordem é economizar, use sacos plásticos e fitas adesivas que isole os pertences da poeira e da sujeira em geral. Malas de viagem podem ser úteis para guardar roupas que precisem ser tiradas do armário.

Faça você mesmo

Caso não seja possível pagar por um arquiteto ou uma equipe de empreiteiros no momento e você realmente esteja cansado de olhar para sua casa, existem algumas dicas práticas para fazer você mesmo uma pequena reforma. Papeis de parede são uma ótima solução para transformar a cara do ambiente, sem o quebra quebra, a sujeira e barulho que uma troca de azulejos ou nova pintura provocaria. As opções de papel de parede são inúmeras e em alguns casos simulam paredes de tijolinhos, por exemplo, com bom gosto.

Bricolagem e Instagram

Também costuma trazer bons resultados a pintura dos azulejos ou a troca do rejunte dos mesmos. É um trabalho meticuloso, mas para quem gosta de serviços manuais, pode acabar sendo um passatempo. Se você é adepto da bricolagem, aliás, não faltam opções de lojas de artigos especializados e páginas de Instagram com informação disponível a quem se interessa em colocar a mão na massa. Portas antigas podem virar belas prateleiras com uma serra elétrica e uma lata de tinta. Caixotes de feira podem virar irreverentes mesinhas de centro e por aí vai.

Leia também

Mais Recentes