8 motivos para você trabalhar em um coworking

PorVinicius Tamamoto 15 de novembro de 2018

Ao que tudo indica, o fenômeno do coworking veio para ficar. Segundo a Small Business Labs, uma organização que acompanha o tema ao redor do mundo, mais de 4 milhões de profissionais utilizarão esse tipo de esquema de trabalho até 2020. Em 2016, eram pouco menos de 1 milhão. Só São Paulo possui cerca de trezentos escritórios compartilhados.

No mês passado, uma gigante do ramo investiu 60 milhões de reais para levantar um prédio do tipo em Pinheiros, informou matéria da revista Veja São Paulo. Entre freelancers, startups e multinacionais, 1 000 funcionários devem ocupar dez andares do novo edifício.

Você já pensou em trabalhar em um lugar assim? Abaixo, listamos alguns motivos pelos quais muita gente está migrando para o formato.

Por que você deveria considerar um coworking

1. Mais conhecimento

A principal vantagem de trabalhar em um coworking é poder sair da própria bolha e conhecer pessoas de várias áreas. O ambiente integrado permite que os profissionais troquem experiências, iluminando as ideias ou fazendo novas surgirem.

2. Ambiente agradável

De modo geral, os coworkings pensam no bem-estar dos funcionários que irão receber. Assim, muitos já projetam seus espaços aproveitando ao máximo os benefícios da arquitetura. O ambiente mais relaxado ajuda a quebrar a monotonia das velhas configurações de trabalho.

3. Dá para fazer amigos

Uma premissa diz que, após os 30 anos, fica muito mais difícil fazer novas amizades. Pode até ser verdade, mas os espaços de convivência dos coworkings e a maior abertura dos que neles trabalham tornam o processo de conhecer pessoas bem mais simples. É companhia para o cafézinho!

4. Mas, se quiser, pode ficar na sua

Aquele cara quietão pode se sentir mais à vontade em um escritório compartilhado. Isso porque rola menos cobrança de participação em festas e socializações nesses ambientes.

5. Limites para o pessoal e o profissional

Uma queixa comum de quem trabalha em casa é a falta de limites claros entre a vida pessoal e a profissional. Ter um lugar físico para trabalhar pode balancear a questão, influenciando positivamente na produtividade e nas relações sociais.           

6. Networking

Conhecer tantos novos profissionais vai aumentar a sua rede de contatos, algo excelente para conquistar novos clientes ou contratar um funcionário para a sua empresa, por exemplo.

7. Flexibilidade

Ao contrário dos escritórios como conhecemos hoje, se você se cansar do seu coworking, o processo de deixar o espaço é bem mais simples. Levando em consideração que o ambiente altera o nosso estado emocional, é essencial que nos sintamos bem no lugar onde passamos a maior parte do dia.

8. Produtividade em alta

Uma equipe de pesquisadores da Universidade de Michigan entrevistou mais de duzentos profissionais que faziam parte de coworkings. Segundo os achados, a flexibilidade e a autonomia que eles experimentaram, sem abrir mão de uma comunidade, estariam ligados ao bom desempenho.

Tá procurando emprego? Veja dica de como incrementar o currículo.

Leia também

Mais Recentes