O bife perfeito: como fazer a carne do dia a dia brilhar

PorLucas Borges 3 de dezembro de 2018

Fazer um bife e fritar um ovo é a resposta padrão de quem não tem muita intimidade com as panelas para a pergunta: o que você sabe cozinhar? Quanto à carne, porém, muitos podem estar preparando-a de forma errada. A seguir, apresentamos algumas dicas básicas que irão te deixar pronto para fazer um bife perfeito, digno de restaurante.

Dicas para um bife perfeito

Temperatura

A temperatura é um fator determinante para a qualidade do bife, tanto a temperatura da carne quanto a da frigideira. Tire a peça do congelador com antecedência para que ela esteja completamente descongelada na hora de cozinhar. Procure usar a maior boca do fogão e na temperatura máxima. Sinta com a mão quando é o momento de colocar o bife: se o calor estiver insuportável, esse é o momento. Não encha a frigideira com vários bifes ao mesmo tempo para que o calor não se perca.

Óleo e manteiga

Só coloque óleo, azeite, margarina ou manteiga na frigideira quando a superfície estiver bem quente. Procure usar pouco de qualquer um dos ingredientes, apenas para evitar que a carne grude. Outra boa sugestão é besuntar o bife separadamente e colocar para grelhar direto na frigideira.

O ponto

Procure não mexer na carne enquanto ela estiver grelhando. Deixe cada lado grelhando por cerca de dois minutos, dependendo da altura da carne,  e se for preciso a coloque também de lado na frigideira, utilizando a espátula. Caso o bife já esteja pronto por fora, mas ainda cru por dentro, levo-o para a assadeira com o forno preaquecido por 10 minutos, a 200 graus. Para ter uma carne ao ponto (com uma aparência levemente rosada), bastam 3 minutos no forno. Para mal passado, dois minutos são suficientes. Cozinhar a carne além do tempo significa perder seu sabor.

A carne

A qualidade da carne é determinante para o resultado do seu prato. Se a intenção é impressionar pelo tamanho e servir um daqueles bifes com os quais é possível se esconder do outro lado do prato, miolo de alcatra, bife ancho ou de chorizo são boas pedidas. Alcatra ou fraldinha tem aparência mais modesta, mas também dão conta do recado. Filé-mignon e contra-filé podem servir para as duas opções. Procure apertar a carne com uma espátula para deixa-la com a mesma altura de uma ponta a outra. Dessa forma, é possível grelhar a peça de forma uniforme.

Tempero

Não é necessário inventar no tempero. Quanto menos, melhor e sal grosso e pimenta do reino dão conta do recado. Utilizar manteiga e ervas como louro, tomilho e manjericão durante a grelha também acrescenta um sabor especial. Convém (para sua saúde) não comer a gordura que acompanha a peça, mas cozinha-la por inteiro ajuda a manter a apresentação, a textura e o sabor da carne.

Leia também

Mais Recentes