9 comédias cult imperdíveis para ver na Netflix

PorRafael Nardini 20 de Março de 2018

Uma das experiências mais marcantes que comédias cult oferecem é a surpresa. Às vezes esquecidos ou adorados por pequenos grupos, esses filmes frequentemente nos levam a lugares inusitados e mostram diretores ou atores em seus momentos mais interessantes de carreira.

Separamos nove dicas para você que estão facinho facinho na seção comédia Netflix. Há irmãos Coen, Scorsese e até princesa raptada – garantimos que você vai dar boas risadas e conhecer histórias instigantes. E um pouco malucas também.

Vamos lá?

1. O Rei da Comédia (1982)

Nesta pérola de Martin Scorsese, Robert De Niro interpreta Rupert, um aspirante a comediante que persegue seu ídolo, um reservado apresentador de talk show. Rupert tem graves problemas mentais, mas se depender dele, isso não o impedirá de chegar ao sucesso. O longa faz uma afiada crítica à cultura de adoração a celebridades.

2. Monty Python – O Sentido da Vida (1983)

Este aqui não tem uma história – tem várias. É uma sequência de esquetes de humor repletas de comentário social. As piadas são inteligentes, ácidas ou simplesmente tolas. Burocracia estatal, educação e comportamento humano não escapam do grupo de humoristas que formam o Monty Python.

3. A Princesa Prometida (1987)

Uma princesa raptada. Um rapaz apaixonado em busca de sua amada. Três foras da lei excêntricos. Aí estão os ingredientes ideais para se ter uma boa mistura de comédia com ação e romance. A Princesa Prometida é divertido, envolvente e nostálgico. Um charme só.

4. Arizona Nunca Mais (1987)

Como toda obra dos irmãos Coen, em Arizona Nunca Mais acontecem as coisas mais malucas possíveis. Nicolas Cage vive um bandido cabeça-de-vento que decide roubar o bebê de um empresário poderoso – então começa uma jornada de montanha-russa.

5. Digam o Que Quiserem (1989)

Uma das comédias românticas mais adoradas dos anos 1980 e também um dos filmes que fez John Cusack chegar ao estrelato, Digam o Que Quiserem aborda um amor adolescente de verão. Ele não quer saber do futuro; ela está prestes a ir estudar na Inglaterra. Será que vinga?

6. Jogos, Trapaças e Dois Canos Fumegantes (1998)

A nata da bandidagem mal-encarada de Londres e um grupo de quatro trapaceiros se enroscam após um jogo de baralho dar errado para o quarteto. Para arranjar a grana e tirar da cola o gângster para o qual devem, os amigos terão que suar. E muito.

7. Mais Estranho Que a Ficção (2006)

No que seria mais uma manhã comum, a vida sem graça de Harold (Will Ferrell) muda completamente. Ele ouve uma voz em sua cabeça narrando tudo o que ele faz – é a escritora Karen Eiffel (Emma Thompson), que escreve um novo livro. Para a surpresa de Harold, ele é o personagem principal. Para seu desespero, a autora costuma matar seus protagonistas.

8. Na Mira do Chefe (2008)

Nesta elogiada comédia indicada ao Oscar, o amargurado matador de aluguel Ray, vivido por Colin Farrell, descobre por meio de um colega que o chefe de ambos quer mata-lo. Ray está isolado na cidade belga de Bruges, que ele odeia e vai odiar ainda mais quando encontrar os tipos mais malucos (e perigosos) que dificultam a corrida pela sua vida.

9. Scott Pilgrim contra o Mundo (2010)

Poucas bad vibes são tão ruins quanto a do término de namoro. Assim está a vida de Scott Pilgrim (Michael Cera), um nerd que toca guitarra numa banda de garagem. Ao conhecer Ramona (Mary Elizabeth Winstead), a vida volta a ficar colorida para ele – mas para ficar com a garota, Scott vai precisar enfrentar os ex-namorados dela. Scott Pilgrim contra o Mundo é uma divertida piração visual ao estilo videogame sobre amor e transições.

Leia também

Mais Recentes