4 séries pop que debatem o que é ser homem no século 21

PorRafael Nardini 23 de agosto de 2017

Se você vê séries de TV, com certeza sabe que elas têm histórias que expressam – muitas vezes, com precisão – diversas inquietações atuais. Redes sociais, apps de relacionamento, contas, dívidas, dúvidas, trabalho, cobrança… São muitas as necessidades do homem do século 21.

Algumas das séries de maior sucesso dos últimos anos usam personagens masculinos para refletir questões de comportamento, valores e visão de mundo. São personagens construídos com autenticidade e detalhes. Que erram, acertam, sofrem e tentam aprender. Exatamente como a nossa era pede, quando tudo parece mudar tanto e tão rápido.

1. Master of None

Dev (Aziz Ansari) é um ator de 30 anos. O fato de ele ser descendente de indianos o faz lidar com questões e dilemas culturais, em uma época como a de hoje, em que ambos são parte de tantos debates. Além disso, como qualquer cara de sua idade, ele lida também com questões profissionais e amorosas.

2. Breaking Bad

O professor de química Walter White (Bryan Cranston) é um zé-ninguém até decidir usar seu amplo e profundo conhecimento para fabricar metanfetamina e vender no tráfico de drogas. O salto de uma existência pacata e sem graça para o perigoso mundo do crime é causado pelo diagnóstico de câncer de pulmão que o personagem recebe. Ele decide, então, tomar as rédeas de sua vida. Não vá dizer que você nunca se viu tomando atitudes drásticas para também ter as rédeas da sua.

3. Mad Men

O bem-sucedido publicitário Don Drapper (Jon Hamm) é o “carro-chefe” de Mad Men. O foco da série no personagem a faz atravessar os costumes, estéticas e valores morais dos anos 1960 para os da década seguinte. Por meio de Drapper, Mad Men aborda os altos e baixos da vida pessoal e profissional em um mundo que muda a todo tempo.

4. Demolidor

Matt Murdock (Charlie Cox) é um advogado cego que atua no bairro nova-iorquino de Hell’s Kitchen. Ele se dedica de corpo e alma ao combate à criminalidade no bairro e usa a profissão para promover a justiça social sempre que possível. Às vezes, nem pagamento ele cobra dos clientes. No entanto, quando as limitações e incoerências do sistema de lei dificultam que a justiça aconteça, Matt usa seu treinamento ninja e porte físico atlético para combater a criminalidade. Se há um cara que faz enormes sacrifícios em nome do que acredita, esse cara é Matt Murdock.

Leia também

Mais Recentes