Os craques que marcaram época: os 10 maiores ídolos do PSG

PorPedro Katchborian 18 de Março de 2018

Cada ídolo do PSG tem uma história. Alguns nasceram e se aposentaram dentro do clube, enquanto outros chegaram já consagrados e ajudaram a equipe a mudar de patamar. A nacionalidade também varia: França, Brasil, Libéria, Suécia…O PSG é de Paris, mas se tornou um time plural e global, que mistura raça e técnica.

É difícil escolher apenas 10 jogadores que marcaram época pelo PSG. Selecionamos alguns que fizeram história com títulos, gols, assistências e muitos anos de dedicação ao clube parisiense.

Apesar de muitos jogadores do elenco atual demonstrarem potencial para a lista — como Thiago Motta, Thiago Silva, Cavani, Marquinhos e Verrati, por exemplo –, escolhemos somente jogadores que já encerraram sua participação no Paris Saint-Germain.

Maiores ídolos do PSG

1. Raí

O PSG tem alguns ídolos brasileiros, mas Raí é o maior deles. Foram cinco anos no clube de Paris, tendo jogado 215 vezes e marcado 72 gols. Mais do que isso, Raí empilhou títulos quando esteve no PSG: ganhou o Campeonato Francês em 1993/1994, a Copa da França em 1994/1995 e 1997/1998, a Copa da Liga Francesa em 1994/1995 e 1997/1998 e a Recopa Europeia de 1995/1996.

2. Zlatan Ibrahimović

O excêntrico Ibrahimović fez gol e mais gols (e muitos golaços) durante sua passagem pelo PSG. Ele chegou ao clube sendo uma das principais estrelas do mundo, em 2012, e ficou até 2016. Durante o período em atividade pela equipe de Paris, o sueco fez 180 jogos e incríveis 156 gols. Foram mais de 10 títulos com o PSG, incluindo 4 Campeonatos Franceses e 2 Copas da França.

3. George Weah

O atual Presidente da Libéria fez história no futebol europeu, sendo o único africano a ter sido eleito o Melhor Jogador do Mundo, em 1995. O atacante ficou três anos no PSG, de 1992 a 1995, e marcou 55 gols em 138 jogos. Conquistou quatro títulos pela equipe e ajudou a colocar o PSG em outro patamar durante a década de 90.

4. Pauleta

O português Pauleta fez história pelo PSG. Ficou por cinco anos no Paris Saint-Germain, de 2003 a 2008. Em 212 jogos foram 109 gols, tornando-se o maior artilheiro da história do clube — ele acabou ultrapassado por Ibrahimovic e depois por Cavani. Ganhou a Taça da França de 2004 e 2006 pelo PSG, além da Taça da Liga Francesa de 2008. O sucesso com a camisa azul marinho foi tanto que acabou como embaixador internacional da Paris Saint-Germain Academy, projeto de base.

5. Safet Susic

O jogador bósnio é considerado um dos maiores atletas de seu país. Pelo PSG, marcou época ao disputar 344 jogos e marcar 86 gols em 9 anos pelo time francês. De 1982 a 1991, Susic defendeu as cores do PSG, tendo conquistado o Campeonato Francês de 1985-1986 e sido eleito o melhor jogador estrangeiro na temporada 82-83.

6. Mustapha Dahleb

O argelino Mustapha Dahleb chegou ao PSG em 1974, poucos anos depois da fundação do clube. Ficou por 10 anos, até 1984, tornando-se um dos principais ídolos da história da equipe. No Paris Saint-Germain, o meio-campo disputou 310 jogos e fez 98 gols, tendo como conquista mais significante a Taça da França de 82, o primeiro torneio conquistado pelo PSG.

7. Valdo

Marcou época em campo pelo PSG e se tornou mais um brasileiro que integra a lista dos principais craques da história do PSG. O atleta ficou de 1991 a 1995 no Paris Saint-Germain, tendo atuado em 138 jogos e marcado 13 gols.

8. Dominique Rocheteau

É um dos principais ídolos franceses do clube. Rocheteau chegou ao PSG em 1980 e ficou por sete anos no time — até 1987. Apareceu em 204 jogos e marcou 83 gols, tendo participação decisiva no primeiro título do PSG. Foi Rocheteau que marcou o gol no último minuto da prorrogação contra o Saint-Étienne, em jogo válido pela Copa da França de 82. Com o placar empatado em 2 a 2, a disputa foi para os pênaltis e o PSG acabou com o título.

9. Bernard Lama

Único goleiro da lista, Bernard Lama teve duas passagens pelo PSG, sendo a primeira a mais significativa, de 1992 a 1997. Pelo clube, venceu o Campeonato Francês de 1995-1996 e a Recopa Europeia de 1996. Em sua segunda passagem, ficou de 1998 a 2000. Ao total, foram 286 partidas no gol do Paris Saint-Germain, tendo chegado a seleção francesa enquanto atuava pelo clube.

10. Luis Fernández

A história de Luiz Fernández com o PSG é uma das mais completas. Formado pela categoria de base do PSG, Fernández atuou no clube de 1978 a 1986. Foram 30 gols em 225 jogos, número expressivo para um volante. Esteve no Paris Saint-Germain no primeiro título, a Copa da França de 82, também tendo participado do título de 83 e da conquista do Campeonato Francês de 1986. Também teve passagem marcante como técnico — conquistou a Recopa Europeia e a Copa da França à frente da equipe.

Leia também

Mais Recentes