Como o PSG saiu de um clube local para uma potência mundial em 48 anos

PorPedro Katchborian 16 de Abril de 2018

Comparado a outros clubes do futebol, o PSG é jovem. São 48 anos de existência e muitos momentos marcantes. Entre glórias e derrotas, o fato é que, a cada década que passa, o Paris Saint-Germain deixa de ser apenas francês e torna-se do mundo. Veja como o PSG saiu de um clube pequeno para uma equipe renomada mundial em menos de cinco décadas:

Década de 80: de Saint-Germain para a França

Nós já contamos a curiosa história da fundação do Paris Saint-Germain. Resultado de uma fusão entre o Paris FC e o Stade Saint-Germain, o PSG teve como berço em 1970 a pequena Stade Saint-Germain. São apenas 40 mil habitantes na pequena cidade, que fica a 20 quilômetros de Paris. O PSG começou modesto, mas ambicioso: o plano era se tornar o clube mais popular da capital e, aos poucos, começar a conquistar a França.

Foram doze anos do surgimento do PSG para o memorável primeiro título, em 1982, contra o Saint Étienne de Michel Platini. O clube venceu a Copa do França e entrou de vez entre as principais equipes do país. O primeiro título do Campeonato Francês veio na temporada de 1985-86, quando a equipe dominou o torneio durante todo o campeonato, assumindo a liderança na terceira rodada e não perdendo mais.

Década de 90: da França para a Europa

Se a década de 80 foi a de consolidação do PSG na França, a de 90 foi a dos primeiros passos na Europa. Estrelas internacionais começaram a chegar com maior frequência no Parc des Princes: os brasileiros Raí e Valdo e os liberiano George Weah são alguns dos exemplos. Essa internacionalização do PSG aumentou ainda mais quando o clube venceu a Recopa Europeia em 1995-1996: o time passou por Celtic (Escócia), Parma (Itália), Deportivo La Coruña (Espanha) e Rapid Viena (Áustria).

É claro que as taças nacionais também vieram: o time venceu o Francês de 93-94, a Copa da Liga Francesa em 94-95 e 97-98 e a Copa da França em 92-93, 94-95 e 97-98. A boa fase deu retorno para o clube, que fez investimentos que ajudaram a tornar a equipe mais conhecida ainda. A contratação mais famosa foi a do craque Ronaldinho Gaúcho, que chegou em 2001.

Década de 00 e 10: PSG, a nova potência mundial

O PSG já era conhecido na França e ao redor do mundo. O clube enfrentou tempos mais irregulares e ficou alguns anos fora das primeiras colocações no Campeonato Nacional. Ainda assim, conseguiu fazer algumas aparições de respeito em campeonatos internacionais.

No entanto, o momento de brilho veio depois dos anos 2010, após a compra do clube pelo Qatar Sports Investiments. Contratações como a de Lavezzi, Thiago Silva, David Beckham e Ibrahimovic ajudaram o clube a mudar de patamar. O resultado em campo não demorou para chegar: comandado por Carlo Ancelotti, o time venceu o Campeonato Francês na temporada 2012-2013. O título deu início a uma sequência de conquistas nas temporadas 2013-2014, 2014-2015 e 2015-2016.

Além dos títulos, a contratação de jogadores conhecidos mundialmente ajudou o clube a se tornar esse sucesso dentro e fora de campo. Cavani — maior artilheiro da história da equipe, Dí Maria e Draxler ajudaram o clube a tornar uma potência mundial.

A cereja do bolo foi a contratação de uma das maiores estrelas da história do futebol e um dos melhores jogadores do mundo atualmente: Neymar. O badalado reforço tem feito toda a diferença em campo com dribles, gols e assistências.

Leia também

Mais Recentes