Taça da França de 1982: a história do primeiro título do PSG

PorPedro Katchborian 3 de Abril de 2018

A primeira glória do PSG foi no ano de 1982, quando a equipe ganhou a Taça da França. Foi a 65ª edição da tradicional competição, que reuniu dezenas de equipes. O PSG venceu o Saint-Étienne na final, que teve emoção até o último segundo. O título consolidou o Paris Saint-Germain como equipe relevante na França.

A Taça da França (também chamada de Copa de França) é a mais antiga competição disputada no país — existe desde 1919. Assim como a nossa Copa do Brasil, a Taça da França é democrática. Atualmente, nas primeiras fases clubes distritais e regionais tem a chance de participar, dando oportunidade a clubes de diferentes estruturas e investimentos. As equipes da primeira divisão entram na oitava fase da competição.

O título de 1982 foi o primeiro do PSG, que depois se tornou a equipe mais vencedora da competição, com 11 títulos. O clube ganhou o bicampeonato em 1983 e voltou a vencer o torneio nas temporadas 1993, 1995, 1998, 2004, 2006, 2010, 2015, 2016 e 2017.

O primeiro título do PSG: emoção até o final

No torneio de 1982, o PSG enfrentou equipes tradicionais da França. As oitavas-de-final foram contra o Olympique de Marseille: foram duas vitórias, por 1 a 0 e 3 a 1. Nas quartas-de-final, um desfecho emocionante: depois de uma vitória por 2 a 0 contra o Bordeaux, o PSG sucumbiu no jogo de volta pelo mesmo placar. Resultado: prorrogação, em que o PSG fez um gol e garantiu classificação à semifinal. A emoção continuou nas fases seguintes. A semifinal foi contra o Tours, em jogo único. O resultado? Empate sem gols e decisão por pênaltis, vencida pelo PSG por 2 a 1.

Depois de um torneio tão épico, a final não poderia ter sido diferente. A taça foi decidida contra o Saint-Étienne, do craque Michel Platini. Em um jogo nervoso, o PSG saiu na frente com um gol de Nabatingue Toko, mas Platini empatou. No começo da prorrogação, Platini fez mais um e deu a vantagem para o Saint-Étienne. O jogo caminhava para o fim e o PSG pressionava: até que Rocheteau acertou belo voleio após cruzamento e empatou no último minuto da prorrogação. A eficiência foi total: 6 pênaltis batidos e convertidos, enquanto o Saint-Étienne errou nas cobranças alternadas com Christian Lopez. Festa para o time da capital, que começava a escrever a sua história cheia de glórias. A conquista da Taça da França foi o primeiro de uma série de títulos do PSG e ajudou o time a se consolidar como uma das principais equipes do país.

Leia também

Mais Recentes