Uniforme do PSG: a história por trás do manto

PorPedro Katchborian 3 de Abril de 2018

Um azul marinho, uma faixa vertical vermelha e muita história. O uniforme do PSG já começou memorável desde o surgimento do clube. Pouco depois da equipe nascer, em 1973, Daniel Hechter, fashion designer, ficou à frente do clube e desenhou pessoalmente os uniformes na época. Desde então, foram dezenas de kits, sempre priorizando o vermelho, azul e branco.

As cores da camisa do PSG surgiram da fusão entre o Paris FC (azul e vermelho) e do Stade Saint-Germain (branco), o que também representa a bandeira francesa. O primeiro uniforme foi utilizado até 1973 e consistia em camisa vermelha, calção branco e meias azuis. A partir da temporada de 1974,o uniforme ganhou a icônica faixa vertical vermelha — inspirado pelo time Ajax, da Holanda.

Algumas variações apareceram na vitoriosa década de 80, quando o PSG conquistou os seus primeiros títulos. No uniforme, a principal mudança foi que, na temporada de 81-82, o uniforme branco passou a ser a camisa número 1, que o PSG utilizava no Parc des Princes, seu estádio. A camisa azul voltou a ser a primeira na temporada 95-96.

Faixas azuis e vermelhas na lateral acompanharam o uniforme até o começo da década de 2000 — época em que Raí e Ronaldinho brilharam com a camisa do clube. A faixa vertical diminuiu de tamanho ao longo do tempo e na última década o clube fez alguns experimentos em seu uniforme: mudanças nos tons de azul, utilização de cinza e, em uma das mudanças mais radicais, a troca da faixa vertical vermelha por uma faixa branca e vermelha, dividida pelo patrocínio.

A segunda camisa do PSG é fiel ao primeiro design e sempre priorizou o branco com detalhes azuis e vermelhos. No entanto, houve uma troca entre a primeira e segunda camisa: por 14 anos, a camisa azul se tornou a de visitante, enquanto a branca era usada no Parc des Princes. Em 1994, houve, mais uma vez, a troca entre as camisas. Em 1999, a camisa de visitante perdeu a faixa vermelha no centro, com exceção da temporada 2007-2008.

Uniforme do PSG: homenagem ao Brasil

Neymar, Thiago Silva, Marquinhos, Raí, Daniel Alves, Ronaldinho, Valdo, Thiago Motta…Já falamos sobre como a história do PSG se confunde com a do Brasil. Em 2017, essa sintonia virou uniforme: o kit de visitante do Paris Saint-Germain ficou amarelo, uma homenagem aos jogadores brasileiros que já defenderam (ou ainda defendem o clube). O uniforme veio bem a calhar, já que foi lançado no mesmo ano que Neymar e Daniel Alves passaram a vestir a camisa do clube.

Leia também

Mais Recentes