Mahamudra: o que é, quais são os exercícios e como começar

PorPedro Katchborian 1 de outubro de 2017

Mahamudra. O treino de nome estranho virou sensação em academias e tem sido um dos preferidos para quem quer embarcar no mundo fitness. Aqueles que buscam alternativas ao crossfit encontram no mahamudra uma outra opção, que valoriza a “a evolução do ser humano“.

Em tempos em que a saúde mental ganha quase tanta atenção quanto a física, o mahamudra busca trabalhar músculos e a mente, colocando-os em sintonia e fazendo da atividade mais do que um método para tonificar músculos e perder peso.

O que significa mahamudra?

Mahamudra significa “grande gesto” em sânscrito, uma palavra que também é utilizada para definir o “autoconhecimento” no budismo tibetano. A ideia do mahamudra é ir além de um simples: os praticantes prezam pela saúde do corpo, mente e espírito.

Quais são os exercícios do mahamudra?

Para incorporar elementos que vão além da saúde física, os treinos de mahamudra costumam ter exercícios de respiração. Depois, os movimentos misturam yoga, corrida, bicicleta, muay thai, kung fu, jiu jitsu, boxe, ginástica artística, calistenia e circuitos baseados em treinos militares.

mahamudra

Foto: Istock/Getty Images

Como é o treino do mahamudra?

Com duração de cerca de 1h, cada treino é dividido em três partes. Primeiro, o aquietamento, em que são passados exercícios de respiração, alongamento e yoga. Depois, começam os exercícios mais intensos, que podem incluir barras, sacos de areia e elásticos. Além disso, essa parte do treino também contém atividades que utilizam o corpo como carga. Após a intensidade, vem o chamado sono profundo, em que os alunos alongam e relaxam corpo e mente.

Onde o mahamudra costuma ser praticado?

Ao contrário do crossfit, o mahamudra costuma prezar por ambientes abertos. Logo, a prática costuma ser feita em parques, como o Ibirapuera, em São Paulo, ou em praças. O principal grupo da atividade física é o Mahamudra Brasil.

Quem pode praticar o mahamudra?

Se você acha que não aguenta o ritmo do mahamudra, saiba que a prática pode ser feita por (quase) qualquer pessoa. Tirando gestantes e pessoas com problemas físicos, qualquer um pode praticar. Para se adequar às limitações de cada um, há quatro níveis de treinos: iniciante, intermediário, avançado e elite. O mais importante é fazer uma consulta médica antes de praticar.

Mahamudra emagrece? Quanta calorias eu queimo em um treino?

Sim, emagrece! O gasto calórico do treino depende dos níveis: os iniciantes podem queimar até 1000 calorias, enquanto os praticantes intermediários e avançados podem chegar até a 2 mil calorias por treino. O recomendado é que o treino seja feito pelo menos três vezes por semana.

Quando surgiu o mahamudra?

Há pouco tempo, na verdade. O brasileiro César Curti é um dos idealizadores da prática, que surgiu depois de oito anos que ele morou na Ásia. “Fiz diferentes esportes e sempre tive a sensação de que nenhum deles me dava uma boa condição motora, força, resistência, agilidade e explosão muscular, todos ao mesmo tempo. Então, peguei diversas modalidades e coloquei numa aula só”, diz Curti, em entrevista de 2014 ao O Globo.

Leia também

Mais Recentes