Além do futebol: 4 outros esportes para você praticar com amigos

PorRafael Nardini 14 de novembro de 2017

Com o calor batendo recordes fica complicado ficar em casa. Para outros, os motivos são outros: o chamado “projeto verão”, aquele momento que cuidar do corpo passa a ser mais do que uma obrigação. E ambos os casos os esportes ao ar livre passam a ser uma excelente alternativa. No Brasil, apesar de pouco estimuladas, há uma infinidade de modalidades muito interessantes para deixar o corpo e a saúde em dia e se divertir muito com os amigos.

Esportes com amigos

1. Tênis

Desde que Gustavo Kuerten conquistou as quadras de todo o mundo, o tênis mudou de patamar no “país do futebol”. Já há uma série de escolas de tênis com preços acessíveis. E as raquetes e equipamentos já não são necessariamente excludentes. Há, inclusive, espaços públicos para a prática do esporte em parques e praças espalhadas pelo Brasil – como no Parque Villa-Lobos, em São Paulo. Mas há outras ótimas opções por aí.

2. Basquete

Seu primeiro pensamento pode ser: “Mas eu não tenho altura suficiente”. Bem, talvez não tenha mesmo altura para viver profissionalmente do basquete. O que não quer dizer que você não possa praticar a modalidade. O basquete, para além de um esporte coletivo, pode ser um excelente instrumento para concentração e desafio pessoal de habilidades. Tente partir sozinho para uma quadra ir testando movimentos – lances livres, bandejas, arremessos de média e longa distância. O mesmo vale para praticar com amigos. Se a habilidade ou vontade de vocês não for suficiente para iniciar partidas de 21, crie competições de fundamentos. É diversão garantida.

3. Flag football

A febre do futebol americano chegou e não vai passar tão cedo. Você já deve ter visto, inclusive, amigos trocando passes com a bola oval na praia. Mas e se a gente tentasse aumentar só mais um pouquinho de intensidade? Claro, não estamos aqui dizendo para você sair distribuindo tackles em seus amigos aleatoriamente, mas em investir em sua própria liga amadora de flag football. Sem as “armaduras” de proteção nem as leggins tradicionais dos atletas da modalidade, o flag é a versão soft do esporte. Os tackles são substituídos por flanelas ou panos que precisam ser tirados do uniforme do adversário, parando a jogada. O esporte rola há décadas nas praias do Rio de Janeiro e já começa a tomar proporções maiores fora desses ambientes também.

4. Tênis de mesa

O tradicional pingue-pongue. Outro esporte que precisa de raquetes específicas e mesas. E é fácil de ser encontrado em ambientes como chácaras e sítios. Se topar por deles, não se incomode e parta para a diversão. Pode apostar que com pouco tempo o seu desenvolvimento já começar a ser sentido. Para quem ainda não se aventurou, um bom guia é este feito pelo WikiHow, com os 15 passos iniciais do tênis de mesa. Hugo Hoyama, maior mesatenista da história do Brasil está prontinho para te dar dicas.

Leia também

Mais Recentes