Treine como um profissional: a rotina de treinamentos de Rafael Nadal

PorRafael Nardini 23 de Março de 2018

Qualquer um que tenha visto o espanhol Rafael Nadal jogando já deve ter reparado em duas de suas principais qualidades: força e resistência.

Como ele chega nesse nível de competitividade é o que vamos falar nas próximas linhas. A rotina de treinos de Nadal é uma mistura muito potente entre cuidados com o corpo e com a mente desenhado especialmente para o um atleta de ponta.

Também pudera. Aos 31 anos, Nadal já enfileira 16 títulos de Grand Slam. Voltou a ser em 2017 o melhor do mundo, segundo o ranking da ATP, a associação de tênis.

Segundo o site especializado Optimum Tennis, os treinos de Nadal consistem em extensivas sessões de treinos para força e potência durante a pré-temporada e exercícios mais leves durante a temporada ativa de partidas oficiais e campeonatos.

Durante os período de pré-temporada, segundo pessoas ouvidas pela Optimum Tennis, a rotina de Nadal é parecida com esta aqui:

8h30: Hora de acordar e do café da manhã.
9h30: Treino na quadra de tênis, variando intensidade e exercícios.
13h30: Fim do treino e tempo de descanso.
16h30: Treinos específicos na academia.

As sessões especiais

Piscina

Nadal costuma se exercitar na piscina da própria casa durante as pré-temporadas. Em entrevista à GQ inglesa, o tenista explicou o processo. “Quando sinto dores nos joelhos faço exercícios aeróbicos correndo na piscina”.

 

Alongamento

Rafael Maymo é o responsável por fazer os alongamentos antes e após cada sessão de treinamentos. “Normalmente recebo massagens no quadríceps e outros músculos que puxam e sustentam os joelhos”. Os alongamentos e massagens, segundo Nadal, servem para deixá-lo mais relaxado. “Se tiver dor, uso gelo”.

Durante torneios em campos de grama, Wimbledon, por exemplo, Nadal trabalha as pernas muito mais do que normal devido aos baixos saltos que resultam dos derrapagens na grama.

Cardiovascular

O médico que acompanhou Nadal durante anos Angel Ruiz-Cotorro descreve seu paciente. “Ele é capaz de misturar a explosão de um corredor de 200 metros com a resistência de um maratonista”. É por isso, segundo o médico, que Nadal é capaz de ficar tantas horas correndo de um lado para o outro.

Leia também

Mais Recentes